19 de outubro de 2008

A História da Lagarta


Imagine uma lagarta.
Passa grande parte de sua vida no chão, olhando os pássaros, indignada com seu destino e com sua forma.
"Sou a mais desprezível das criaturas", pensa.
"Feia, repulsiva, condenada a rastejar pela terra."
Um dia, entretanto, a Natureza pede que faça um casulo.
A lagarta se assusta :- jamais fizera um casulo antes.
Pensa que está construindo seu túmulo, e prepara-se para morrer.
Embora indignada com a vida que levou até então, reclama novamente com DEUS."
Quando finalmente me acostumei, o Senhor me tira o pouco que tenho.

"Desesperada, tranca-se no casulo e aguarda o fim.
Alguns dias depois, vê -se transformada numa linda borboleta.
Pode passear pelos céus, e ser admirada pelos homens.
Surpreende-se com o sentido da vida e com os desígnios de DEUS.
Isso na maioria das vezes acontece conosco.
Queremos tudo pra ontem e achamos muito difícil esperar o amanhã.
Reclamamos e quando achamos que está tudo perdido um mundo novo e lindo aparece em nossa frente dando um novo sentido a nossa vida.
Tenham uma bela semana na Paz do Senhor!

17 comentários:

Eunice Martins disse...

oi amiga essa é uma das verdades mais verdadeiras de todas nunca estamos contentes com o que temos. beijos.
uma semana maravilhosa para si.

Gilda Maria disse...

Oi Kátia,
passei para ver as novidades, fazia um tempinho que não passava por aqui, a colcha com flores é muito linda, delicada.
Bjs,
Gilda

Morrocoy disse...

Linda mensagem!
Uma semana abençoada e de paz para você também!

Lilinha disse...

Amiga!
Seu blog é bom demais!
Sempre que venho aqui, não consigo mais ir embora!!!
Linda semana pra voce!
Bjos.

disse...

Oi, Kátia!
É isso aí, amiga!
Muitas vezes nos acostumamos com o sofrimento ou por comodismo não aceitamos a felicidade.
Tenha uma semana de paz e luz.
Bjs.
Dô.

Esme disse...

Olá amiga!

Vim te desejar uma
linda semana,
beijo!

Fátima disse...

olá amiga,passei para ver as novidades e lhe desejar uma otima semana.

beijos FÁTIMA

Fatima Gouveia disse...

Mensagem linda! como todas que você deixa por aqui.
Obrigada por partilhar connosco.
Um beijinho
Mifá

david santos disse...

Brilhante!
Parabéns!

Faniquito disse...

Oii Kátia.
Ameii o texto.Devemos entregar a nossa vida ao Senhor ...e aceitar aquilo que Ele nos dá...pois mesmo que nos parece ruim...Ele sabe bem o que faz.
Vou levar teu link, para voltar e ver as novidades,tá.
Beijinhos
Ana

Rose disse...

Oi Kátia.
Obrigada pela visita.
Muito linda essa mensagem.
Beijos e fica com Deus.

Sandra Simião disse...

Bom dia, Katia! Obrigada pela visita, menina, como ficou linda aquela colcha e almofada então, parabens, agora tó com vontade de fazer uma também...Belissima a mensagem da borboleta, é issso mesmo...Tenha um ótimo dia, fica com Deus.

Eunice Martins disse...

Amigos verdadeiros, são para sempre porque...
não importa a distância,
no coração estarão sempre perto.
não importam as diferenças,
no coração sempre terão um ponto de acordo.
não importam as brigas,
no coração sempre haverá lugar para o perdão.
não importam circunstâncias,
sempre haverá um ombro para recostar,
mãos para ajudar,
olhos para enxergar e chorar de alegria e dor,
bocas para expressar as verdades e sorrir.
Amigos, verdadeiros são para sempre, porque
quando dois corações se unem, formando um só,
DEUS se manifesta ali, através do amor
e o amor é mais forte que a morte,
é benigno, paciente, tudo sofre, crê, supera.
não se ufana, nem se ensoberbece, apenas ...ama.
certamente, permanece.
Desejo que seu fim de semana seja maravilhoso.
Beijos com carinho.

Faniquito disse...

Oii Kátia !!!

Fiquei muito contente em saber que vc quer acompanhar meu blog, vc nem imagina!!!

Vou te adicionar em meu blogroll,pois tb não quero perder nenhuma de suas novidades.

Bom final de semana

Beijinhos

Ana

Olívia Freire disse...

O fim de semana está aí...
que ele seja SUPER!
Bjcas

Nilda Biagio disse...

Olá Kátia
Como sempre uma linda mensagem!!
Boa semana!
Bj
Nilda

Miriam Fabiano disse...

Que mensagem mais linda e verdadeira!
É por isso que gosto tanto de vir aqui. De vez em quando desapareço um pouco, mas quando venho, sei que tem algo pra MIM.
Obrigada